Correio de Caria

“Safe Place” – Equipamento Inovador na Loja do Cidadão de Belmonte

Foi hoje “forçosamente apresentado” em Belmonte, um novo equipamento de desinfeção e sanitização, relacionado com o COVID 19. Forçosamente porque uma hora antes da apresentação a Câmara Municipal anunciou o adiamento, mas na hora marcada estavam presentes tês órgãos de comunicação regionais e acabou por se fazer.  

Trata-se de uma inovação da técnica criada por uma empresa da região com vista às novas necessidades de higienização e pré-testagem, no acesso dos utentes aos serviços públicos.,

Denomina-se “Safe Place”, estrangeirismo que significa “lugar seguro”, é um equipamento de visual semelhante às camaras de controle dos aeroportos e tribunais, composto por duas unidades: Após a entrada no Safe Place inicia-se o processo de controlo e desinfeção, que inclui medição da temperatura e desinfeção das mãos; Uma luz verde indica temperatura do corpo aceitável e passa-se ao segundo compartimento, isolado por uma pelicula plástica onde se faz  nebulização e limpeza do calçado.

O processo demora muito pouco tempo e embora, nesta testagem não estivesse ainda devidamente afinado, dava para se verificar ser bastante funcional e prático para o acesso a locais públicos.

O inovador equipamento foi criado e construído pela empresa “StarModular”, uma firma dedicada á construção de edifícios e habitações através do sistema de módulos, criada em Manteigas que se está a deslocar para Belmonte e fez questão de propor este primeiro protótipo ao Município de Belmonte.

Dias Rocha, presidente da Câmara de Belmonte referiu que “este equipamento que é o primeiro do País, representa o pioneirismo de Belmonte na inovação assente em empresas locais e posta ao serviço da segurança e da saúde das populações”.

O edil referiu ainda que verificando-se a sua boa funcionalidade pretendem colocar  iguais equipamentos, no acesso aos serviços da Câmara Municipal, na Loja do Cidadão de Caria e noutros locais públicos. Esperando também que este equipamento venha a ser comparticipado pelas verbas disponibilizadas pelo Estado para este fim, salientando que “se o não fosse também não seria inibidor para a Câmara o adquirir, porque esta é uma das prioridades do Município nesta altura”…”porque serve para proteger a população e dar-lhe confiança”.

A apresentação contou também com a presença de António Veiga Simão, vice-presidente da CCDRC – Comissão Coordenadora de Desenvolvimento Regional do Centro. O representante da CCDR sentiu-se congratulado pela iniciativa em Belmonte, referiu que o equipamento está na linha dos projetos que serão financiados para o combate à pandemia, cujo orçamento nesta matéria para região, orça os 10 milhões de euros.

Correio de Caria falou ainda com Daniel Osório, gerente da StarModular, é uma empresa de construção de casas modulares, “fazer a caixa fora da caixa”, nomeadamente casas de campo, quiosques, kits de praia, equipamentos de caris modelar feitos à medida do cliente”

Questionado sobre a razão porque se atreveram neste equipamento, Daniel Osório referiu que “percebemos que esta pandemia assolou o mundo inteiro e nós com a nossa vontade de contribuir e o nosso caracter inovador sentimos também que tínhamos algum know how e alguma capacidade de saber fazer, resolvemos criar uma resposta no sentido de dar mais confiança às pessoas”. Tendo em conta as medidas de desconfinamento, para “permitir às empresas e serviços, dos mais diversos setores: repartições públicas, restaurantes e cafés, escolas, museus, ou outros, voltar à normalidade possível”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *