Correio de Caria

CriptoJudaismo de Belmonte é uma das Sete Maravilhas da Cultura Popular

O sonho tornou-se realidade e na votação final para as Sete Maravilhas da Cultura Popular que neste sábado dia 5/09 decorreu em Bragança, o Criptojudaísmo de Belmonte foi considerado Património Cultural Material e Imaterial de Portugal.

A candidatura de Belmonte concorria na categoria de Rituais e Costumes em que se consideravam um conjunto de práticas consagradas por tradições ou normas que são observadas de forma invariável em certas cerimónias de cariz popular, religiosas ou profano.

Após 7 fases de eliminação a Gala Final ditou que o Crispotjudaísmo de Belmonte fosse uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular, em paralelo com “Bailinho da Madeira” da região autonoma da Madeira; A Romaria de S. João D’Agra em Caminha; Festa em Honra de Nª Srª dos Remédios em Lamego; “Os Santeiros” de S. Mamedo do Coronado, na Trofa; “Colete Encarnado” de Vila Franca de Xira; Romaria de S. Bartolomeu de Ponte da Barca.

O Municipio de Belmonte deu os Parabéns a todas as candidaturas e particularmente às 7 Maravilhas da Cultura Popular e agradeceu a todos os que empenhadamente contribuiram para o resultado desta candidatura, ao longo das sete eleminatórias, até à vitória final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *