Correio de Caria

Ana Sofia Caramelo Com excelente desempenho na volta a Portugal Feminina e bronze na prova de Mogadouro uma semana depois

Com publicação mensal não conseguimos acompanhar o somatório de vitórias que esta campeã de Caria vai somando na sua “corrida de fundo” com trilho que nos parece bem singular.


A segunda edição da Volta a Portugal feminina em bicicleta, decorreu entre os dias 16 e 19 de junho e percorreu 273,4 quilómetros. Esta edição começou com um prólogo, em Loures, seguido de três etapas até ao seu desfecho, na Anadia. A sueca Nathalie Eklund (Massi Tactic) foi a vencedora de forma concludente desta II Volta a Portugal Feminina, ganhando todas as etapas.
Entre as 76 ciclistas de 15 equipas que concluíram a Volta a Portugal, integrou-se também a atleta cariense Ana Sofia Caramelo que teve um desempenho muito positivo, sagrando-se a segunda melhor portuguesa terminando em 10º lugar da classificação geral, a 2m07s da camisola amarela.
A sua prestação, nesta prova foi: no Prólogo o 6° Lugar, a 1.ª Etapa em16 ° Lugar; a 2.ª Etapa em 13° Lugar; A 3.ª Etapa em 7° Lugar e 10° Lugar a Classificação final da geral. (a segunda melhor portuguesa).
Na primeira edição da Volta a Portugal Feminina, disputada em Setembro de 2021, a atleta de Caria, então ao serviço da União Ciclista de Ponte da Barca terminou no 11º lugar (a 2m36s da vencedora Raquel Queirós).

No passado dia 24 Ana Sofia Caramelo subiu ao pódio exibindo a medalha do 3º lugar, no contrarrelógio, fechando a prova de fundo feminina dos Campeonatos Nacionais de Ciclismo de Estrada, integrada no pelotão, no 10º lugar a um segundo da vencedora.
Esta prova foi disputada ao longo de 87,6 quilómetros, foi percorrida sempre em pelotão compacto, concluindo-se com uma média de 32,085 km/h, ao fim de 2h43m49s.
Com a emoção da prova toda guardada para o sprint pelo título. Daniela Campos revelou-se superior e triunfou com alguns metros e um segundo de vantagem sobre Sofia Gomes (Massi Tactic) e Daniela Pereira (Kiwi Atlantico Louriña), que completaram o pódio de elite.
Ana Sofia Caramelo sonhava com o título nacional, acabou por ter um bom desempenho nestes Campeonatos Nacionais, fechou no Top 10 da prova de fundo e com o terceiro lugar, nos 21,5 quilómetros do contrarrelógio a 12 segundos da vencedora, arrecadando a medalha de bronze.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *