Correio de Caria

Três Povos – Homem encontrado morto no Escarigo

Um homem foi encontrado morto nesta sexta-feira, Dia de Natal, num terreno junto à sua residência, no Escarigo, freguesia dos Três Povos.

A vítima foi encontrada já em cadáver por outro residente, às 9 horas da manhã, neste dia 25 de dezembro. Trata-se de um homem com cerca de 70 anos que vivia sozinho e terá caído ao final do dia 24 quando se dirigia para a sua casa e ali permaneceu toda a noite, até que foi encontrado.  

A Policia Judiciária foi chamada ao local para averiguar as causas da morte, não havendo à partida indícios de ter intervenção de terceiros. levando crer se deverem às consequências da queda e ausência de socorro, as quais se irão confirmar.

IDOSOS SÓZINHOS NO NATAL
Segundo fonte da GNR, no distrito de Castelo Branco, 95 idosos passaram o Natal sozinhos nesta quadra.
De acordo com o comunicado desta força policial enviado ás redações. “No contexto atual de pandemia COVID-19, e em complemento de todas as ações que vêm sendo desencadeadas por todo o seu dispositivo, a Guarda Nacional Republicana, desenvolveu, entre 18 e 24 de dezembro, uma campanha de acompanhamento dos idosos que vivem sozinhos, não só para diminuir o seu isolamento social, transmitindo uma mensagem de amizade e de esperança, mas sobretudo para os proteger, no âmbito do policiamento de proximidade.
Nesta quadra natalícia, a Guarda tem reforçado as ações junto dos idosos, sobretudo junto dos mais de 42 mil que, durante a Operação Censos Sénior 2020, foram sinalizados como vivendo sozinhos ou isolados ou sozinhos e isolados, procurando contribuir para a prestação de um necessário apoio social e para a sensibilização face à tendência para os de crimes de burla, que incidem sobretudo sobre a população mais vulnerável, como é o caso dos idosos, através de visitas regulares às suas residências.
Conscientes de que o isolamento é maior este ano, devido às recomendações das autoridades de saúde, e sabendo que cerca de 3 149 idosos iriam passar o natal sozinhos, conforme distribuição abaixo indicada, a GNR, através das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), procurou estar presente, em especial no dia 24 de dezembro, junto daqueles cujo o isolamento é maior nestas últimas semanas e sobretudo na noite de consoada, data em que tradicionalmente se reúnem as famílias”. Refere o comunicado.

jhs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *